Como ter foco e ser mais produtivo

Tempo de leitura: 9 minutos

É cada vez mais difícil nos concentrarmos em uma só tarefa por muito tempo. E a falta de foco traz prejuízos em todos os campos da vida.

Tem gente que começa a fazer algo importante e não consegue passar mais de cinco minutos sem dar um ALT+Tab e mudar pra janela do email, verificando o que tem de novo. Ou dar uma olhada rapidinha no Whatsapp, Instagram, Facebook…

De modo geral, para conquistar algo grandioso não é preciso dar um grande passo, mas pequenos passos por um tempo considerável. E é exatamente aí que está o perigo. Há pequenas distrações no caminho, que não parecem graves, mas podem desviar você totalmente do foco.

Justificativas ou desculpas “inteligentes”, como “é melhor deixar para fazer à noite ou amanhã”, nada mais são do que formas disfarçadas de não cumprir a meta.

Ter foco melhora sua memória

O poder de focar em apenas alguma coisa faz com que eliminamos todas as distrações e assim o nosso cérebro trabalhe de forma efetiva para realizar algum tipo de atividade específica, e com isso, sua memória fica infalível.

Tem um artigo no meu blog onde eu conto 5 maneiras de melhorar sua memória em 7 dias, mas o ponto aqui é ser produtivo e não se perder/esquecer das tarefas do dia a dia.

De maneira organizada, você irá aproveitar ao máximo o dia e ganhar um tempo extra para relaxar ou realizar novas tarefas.

Os três tipos de foco

Escritor de renome internacional, psicólogo, jornalista da ciência e consultante incorporado. Goleman recebeu o seu doutoramento em Harvard, onde também dava aulas.

O conteúdo de Daniel Goleman em seu livro “O Foco”, nos permite entender não só a importância e benefício de uma atenção focada, como também compreender o funcionamento do cérebro para uma mente criativa e focada.

Daniel Goleman é um autor incrível e aproveito para listar todas as obras, os quais super recomendo a leitura:

  • Inteligência emocional (1995)
  • Trabalhar com inteligência emocional (2000)
  • Emoções que curam: conversas com o Dalai Lama sobre mente aberta, emoções e saúde (2000)
  • Emoções destrutivas e como dominá-las: um diálogo com o Dalai Lama (2005)
  • Inteligência social: a nova ciência das relações humanas (2006)
  • Eco inteligência (2009)
  • Foco: a atenção e seu papel fundamental para o sucesso (2014)
  • Uma Força para o Bem (2015)
  • Vital lies, simple truth: the psychology of self deception
  • A arte da meditação
  • A mente meditativa

Daniel Goleman deixa bem claro em seu livro que o Foco é um Músculo, isto é, assim como nós nos exercitamos fisicamente, o foco e a atenção requerem exercícios contínuos. E como todo músculo, ele sempre se dispõe de memória.

O excesso de informação, através das tecnologias digitais por exemplo, denigre a nossa capacidade de concentração. Goleman divide as distrações em dois tipos: a Sensorial, que se refere à sons, sabores, cheiros e sensações, e a Emocional, que se refere aos nossos sentimentos.

Segundo Herbert Simon,

O que a informação consome é a atenção de quem a recebe. Eis por que a riqueza de informação cria a pobreza de atenção.

As distrações também são frutos genéticos, ou seja, se os pais tem alto grau de atenção/concentração, os filhos terão mais chances de nascer com a mesma característica. Massss, mesmo assim construir essa habilidade depende em grande parte de nossas experiências.

P.S Importante: Para os “geneticamente distraídos”, ainda há salvação. Com esforço, a atenção pode ser treinada e aprendida 😉

Goleman afirma em sua tese que exitem três tipos de foco:

  1. Foco interno: tipo de atenção que nos permite entender e controlar nossas emoções e sentimentos (capacidade intrapessoal);
  2. Foco nos outros: tipo de atenção que nos faz ouvir, ser empático (se colocar no lugar do outro) e compreender seus sentimentos/pensamentos (capacidade interpessoal);
  3. Foco externo: tipo de atenção que devemos dar ao que acontece a nossa volta e como as nossas atitudes impactam o ambiente (consciência social).

Todos esses tipos de foco se relacionam e se complementam entre si.
Goleman já falava que:

Quem não consegue prestar atenção nas próprias emoções dificilmente compreenderá os sentimentos de outra pessoa e muito menos se sensibilizará com os problemas do mundo

As nossas emoções são em boa parte controladas pela nossa atenção e concentração.

É por isso que, quando um bebê chora, imediatamente mudamos o foco de sua atenção com um brinquedo ou outra coisa qualquer. Desviar a atenção do que o faz chorar é uma maneira de controlar essa emoção.

 

Mantendo o foco

Por que trabalhar em uma poltrona de avião pode ser bastante produtivo?

A resposta é simples, e pode ser considerada o “grande segredo” da produtividade: não há Facebook, email, sites aleatórios e nem SMS e ligações para te tirarem do foco. Ou seja, o segredo é justamente esse isolamento digital.

É muito difícil conseguir manter o foco quando você é atraído constantemente a responder todos que te mandam algum tipo de mensagem ou resposta. No entanto, esse grande segredo não tem nada de secreto. Muitas pessoas sabem que a falta de foco é o que mais interfere na produtividade.

Você precisa ficar online em redes sociais para se comunicar com colegas? Deixe o chat desligado, pois assim só quem está trabalhando com você iniciará uma conversa.

Precisa resolver algo mais urgente?  Não abra o seu email e faça seu trabalho. Se sua atividade não precisar de internet, não se conecte. São dicas simples, mas o simples não pode ser ignorado.

Alguns passos simples para ajudar você a ficar na direção correta

Abaixo, apresento algumas dicas sobre Foco para aumentar a sua produtividade.

  1. Faça um planejamento diário e semanal das tarefas a serem executadas. Estabeleça um grau de prioridades e foque.
  2. Desligue a internet, caso você não for precisar ou dela para alguma pesquisa relacionada com a atividade que você está realizando, no momento.
  3. Encerre a sua caixa de e-mail e veja ela em períodos de 1 em 1 hora. Tem pessoas que acessam muitas vezes ao dia, a caixa de e-mail e isso é uma das piores causas de tirar a sua concentração.
  4. Encerre o seu Facebook. Uma “outra pedra no sapato” no quesito concentração. O Facebook para algumas pessoas é mesmo que um vício, não se pode viver sem ele.
  5. Encerre todas as de mídias e redes sociais que você usa no seu dia a dia que tire seu foco.
  6. Ambiente de trabalho deve ser silencioso, tranquilo e calmo.
  7. Não atenda telefonemas pessoais. Isso é muito difícil de deixar de fazer, quando você trabalha em casa.
  8. Não atenda pessoas que querem falar com você em seu escritório. Também muito difícil de lidar com essa situação. Nada pior que ser abordado algumas vezes por dia por pessoas que precisam falar com você. Interrompe o seu pensamento, tendo que começar tudo de novo. Refiro-me aqui a assuntos que não são profissionais, de trabalho.
  9. Ouça uma boa música, de preferência orquestrada. Serve para relaxamento e  ajuda na concentração.
  10. Execute uma tarefa de cada vez. É sabido que as mulheres têm uma capacidade de realizar multi tarefas, o que não é muito comum entre os homens. Se você for mulher, evite isso, pois compromete o seu rendimento.
  11. Usar a Folha da Produtividade Extraordinária

O método GTD

Método GTD
Método GTD

GTD significa “Getting Things Done”, uma metodologia de gerenciamento de ações e de tempo criado por David Allen.

O método se baseia no princípio de que uma pessoa precisa tirar as tarefas de sua mente e registrá-la em algum lugar, deixando a mente livre do trabalho de lembrar de tudo o que necessita ser feito para concentrar-se na execução dessas tarefas;

Sua proposta é aliviar a “memória RAM” do cérebro para aumentar a capacidade do foco, atenção e concentração do usuário.

Leia aqui sobre O método GTD, Getting Things Done.

Respiração, meditação e yoga

respiracao - foco
Respiração e foco

Uma prática bem conhecida e infalível é fazer exercícios com a respiração. Quando concentramos a nossa atenção ma respiração, automaticamente esvaziamos nossa mente dos problemas, permitindo a calma e alívio de incômodos/sofrimentos. Em outras palavras, com a mente tranquila, crianças e adultos conseguem focar sua atenção no que é preciso.

Meditação e Yoga são ótimas práticas para otimizar e aumentar concentração e foco (sem contar dos inúmeros benefícios que nos traz para a postura e respiração).

Muitos de nós tem a consciência de que o foco foi perdido depois de alguns minutos de devaneio. Quanto mais tempo nossa mente divaga durante uma atividade que exige concentração, mais difícil é retornar ao que estava sendo feito. O exercício para combater a fuga de atenção é simples: assim que perceber que o foco foi perdido, traga-o de volta.

Foco e propósito

Outra maneira de treinar a atenção para vencer as distrações é se concentrar nas pequenas tarefas do dia a dia, as quais muitas fazes executamos no piloto automático. No ambiente profissional, é importante ter em mente que é muito mais fácil manter a concentração quando realizamos um trabalho que consideramos estimulante, que temos propósito.

Em outras palavras, podemos afirmar que pessoas que gostam do que fazem sentem mais facilidade de manter a atenção e a concentração.

Desta forma, podemos concluir que sem foco, não há trabalho, meta/objetivo ou relacionamento que se sustente por muito tempo.

Como está o seu foco?

Foco em si mesmo
Foco em si mesmo
Foco no mundo
Foco no mundo
Foco nas pessoas
Foco nas pessoas

Elimine definitivamente a falta de foco

O master coach e PHD Paulo Vieira, autor do livro “O poder da ação”, gravou um video explicando o método que criou para aumentar a produtividade e o foco.

Veja aqui o video.

 

Comentários